01 novembro 2017

Faculdade: E agora? #11 • Viver com os pais vs Viver sozinho

cr. Canva



A menos que se estude na nossa cidade Natal ou realmente pertinho, ser um estudante deslocado não é novidade nenhuma quando se trata do Ensino Superior. Para a maioria dos estudantes universitários, é a primeira vez que se sai do ninho e se aprender a viver longe dos pais. E estando eu no meu terceiro ano como estudante deslocada, tenho alguma qualificação para falar do assunto, não? Eis as principais diferenças entre viver com a família e viver longe deles - seja sozinho ou com colegas de casa.




1. Tarefas? Isso come-se?


Com os pais

Se não tiveres o quarto limpo e arrumado em exatamente cinco minutos depois de a mãe te ordenar que o arrumes, é altamente provável que vás ter de ouvir o equivalente ao Sermão de Santo António aos Peixes sobre responsabilidade, organização e limpeza. Então tu limpas em quatro minutos e meio e o que sobra é 'pra verificar se ficou tudo limpo.

Sozinho

Tu decides que vais ser responsável e fazes uma lista toda bonita com todas as tarefas que tens de fazer: numerada, com cores para definir prioridade, com direito a tabela de horários e tudo, estipulas tempos para cada tarefa, produtos, grau de dificuldade, onde, como, quando, porquê. Acabas a dormir até ao meio dia e a passar a tarde no café. Quando chegas a casa, às onze da noite, decides que amanhã é que vai ser.


2. Refeições são uma lenda distante


Com os pais

É meio dia e meio em ponto e a mãe está a chamar-te para ir almoçar/jantar. Se demoras dois microssegundos a chegar à mesa, ela chama o 112 porque a única coisa que justifica um atraso desses é morrer. 

Sozinho

Acordas ao meio dia, comes uma tigela de cereais, enfias uma barra de cereais na mala e vais para as aulas. Para o jantar, percebes que já passa das dez e não te apetece cozinhar, então vais ao Mac. 


3. Ferro de engomar é para os fracos


Com os pais

É só vestires aquelas calças que estão rasgadas nos joelhos para os teus pais te lançarem aquele olhar reprovador e te perguntarem se por acaso foste atropelada; um vinco na t-shirt é suficiente para a tua mãe de mandar trocar de roupa; e ai de ti se saíres de casa com aquelas sapatilhas que parecem ter passado pela guerra.

Sozinho

A roupa sai diretamente do estendal para o teu corpinho e é mais provável que uses a mesma camisola dois dias seguidos do que de ires às aulas; já adoptaste o look de sem abrigo desde a primeira semana de aulas e é preciso motivações muito fortes para mudares isso.


4. O curso faz-se por recurso


Com os pais

Tu tens de estar acordado às 07h30 para teres aula às 08h30, e depois tens uma maratona de cinco horas de aulas com uns dois intervalos no meio. Noventa minutos para almoçar e depois novamente aulas o resto da tarde. Chegas a casa e ainda tens de ir estudar ou fazer trabalhos.

Sozinho

Tens aulas às 09h30 e acordas às 09h29, tomas o teu pequeno almoço muito tranquilamente, vestes-te, se preciso tomas banho, e chegas à faculdade às 10h30. Vais à terceira aula e depois vens para casa ou vais para a esplanada porque já sentes o cérebro cansado. Trabalhos de casa não existem e o estudo faz-se na véspera das frequências.


5. Dinheiro que desaparece


Com os pais

Só tens de preocupar em comprar as senhas da cantina, os lanchinhos no bar da escola e as guloseimas no café ao fundo da rua. Se for preciso, ainda te sobra dinheiro para uns dez cafés. 

Sozinho

Tu pensas que o dinheiro vai chegar, mas dás por ti a meio da semana a conter as moedas de cêntimo para comprar um café. Tens de pagar as contas da casa, as fotocópias, a comida, os lanches, o café e os finos, e no final nem sabes para onde é que o dinheiro foi. 



Sem comentários:

Enviar um comentário

Disclaimer

Todos os conteúdos aqui apresentados têm os direitos reservados aos respetivos autores. À partida, todos os textos neste blog são da autoria de Rafaela Silva, Aléxia Oliveira e Mónica Simão, exceto em referência contrária, e não devem ser reproduzidos, adaptados ou copiados de forma alguma sem consentimento prévio. Todas as fotografias com marca de água de Rafaela Silva ou RS Fotografia e Design têm os direitos exclusivos de Rafaela Silva. As fotografias com a marca d'água de Lemao Doce ou Limão Doce pertencem exclusivamente ao blog. E todas as imagens não assinaladas pertencem aos respetivos autores e provavelmente virão de sites dedicados a imagens de stock (ver: 'Recursos')
Com tecnologia do Blogger.

Seguidores

Google+ Followers