25 outubro 2017

Como eu mudei de vida com 5 pequeninas coisas

cr. Canva


Sabem como às vezes nos apetece mudar algo na nossa vida, mas não sabemos bem o quê? Ou quando chegamos à conclusão que, ok, não está tudo bem, mas dá demasiado trabalho mudar? Este post serve para vos mostrar que se pode,sim, mudar a nossa vida sem ter de fazer mudanças drásticas e sem esforço nenhum: com coisinhas pequeninas e que por vezes não damos importância. 


Este foi o método que eu usei para mudar a minha, mas a fórmula mágica varia de pessoa para pessoa e daquilo que ela gostaria de mudar. 




1. Comecei a alimentar-me melhor

Cortei nas carnes vermelhas, nos fritos, no sal e no açúcar, na maioria dos temperos e nos doces; e comecei a apostar em legumes, vegetais, leguminosas, fruta e saladas, além de muita sopa e grelhados. Não se pode dizer que seja uma dieta - é reeducação alimentar. Não significa que ao fim de semana eu não coma porcarias, ou que mesmo durante a semana eu não vá até ao café com os amigos uma vez - mas são é exceção e não a regra. Aliás, o truque para não ter vontade de comer porcarias, é simplesmente não as ter em casa.


2. Comecei a sair mais de casa e a caminhar mais

Pelo menos duas vezes por semana, pego numa amiga ou colega de casa e vou dar uma volta pela cidade a pé. E além desses dois dias de caminhada, ainda tento ir pelo menos uma vez ao café, à cantina da Universidade ou a algum sítio diferente para turistar.

3. Apaguei todas as aplicações desnecessárias

Primeiro o Messenger do Facebook decidiu deixar de funcionar no meu sistema operativo - então tive de o apagar. Depois, decidi aproveitar esse gatilho e apaguei também a aplicação do Facebook. Entretanto, o meu telemóvel fez atualização para Windows 10 e o Messenger voltou a estar disponível, mas eu decidi não o reinstalar - o meu telemóvel está, e planeio que continue, livre de Facebook Inc. A seguir foi o Twitter. Como nunca tive Snapchat, não tive de me preocupar com ele. A única app de que eu não consigo libertar-me - e nem quero - é o Instagram, simplesmente porque o meu lado fotográfico fala mais alto.

4. Batidos tornaram-se os meus melhores amigos
O que torna os milkshakes não-saudáveis, é a quantidade de açúcar que, muitas vezes, as pessoas lhes adicionam. Por isso eu simplesmente comecei a não meter açucar nos meus, a fazê-los o mais básicos possível. Um que eu faço muito frequentemente é um batido simples, que deixo abaixo:

1 banana madura
1 ou 2 maçãs
2 kiwis
1 taça de cereais de morangos e frutos do bosque,
1 colher de chá de canela 
1 chávena de chá de água ou de leite

A banana e a canela ajudam a cortar a acidez dos frutos e do kiwi, e fica um batido super nutritivo e saboroso. Aliás, essas quantidades dão para três copos normais.

5. Ler sempre um pouquinho antes de dormir

Desde que fui para a faculdade que os meus hábitos de leitura ficaram em níveis baixíssimos. Há sempre alguma coisa para fazer, ler, escrever ou algum sítio para ir. Além do mais, tendo o computador sempre à mão leva a que eu prefire procrastinar na internet do que pegar num livro. Assim sendo, a solução mais simples que encontrei foi esta - ler sempre um pouquinho quando for para a cama. Em dias mais pesados, leio só um capítulo, mas noutros leio dois ou três. É pouquinho de qualquer forma, mas é uma avanço considerável para alguém que a certo ponto só lia uma ou duas vezes por semana.


E vocês? Qual seria a vossa fórmula?



Sem comentários:

Enviar um comentário

Disclaimer

Todos os conteúdos aqui apresentados têm os direitos reservados aos respetivos autores. À partida, todos os textos neste blog são da autoria de Rafaela Silva, Aléxia Oliveira e Mónica Simão, exceto em referência contrária, e não devem ser reproduzidos, adaptados ou copiados de forma alguma sem consentimento prévio. Todas as fotografias com marca de água de Rafaela Silva ou RS Fotografia e Design têm os direitos exclusivos de Rafaela Silva. As fotografias com a marca d'água de Lemao Doce ou Limão Doce pertencem exclusivamente ao blog. E todas as imagens não assinaladas pertencem aos respetivos autores e provavelmente virão de sites dedicados a imagens de stock (ver: 'Recursos')
Com tecnologia do Blogger.

Seguidores

Google+ Followers