28 novembro 2016

Faculdade: E agora? #6 - 9 Dicas Para Quem Partilha Casa • Dicas


Este post faz parte de uma série.
Para leres outros artigos com o mesmo tema, acede a Faculdade: E Agora?
Também podes encontrar este artigo no Uniarea 

Olá, pessoal! Já não fazia um post desta série há bastante tempo, não é verdade? Pois é, eu tenho andado mais dedicada à minha série sobre dicas de blogs e, mais recentemente, numa nova com dicas de fotografia. Também tenho andado a recolher material novo para continuar esta, evidentemente. E eis que, meses depois, aqui vos trago um novo post! Espero que seja útil.


1. Mantém tudo limpinho e arrumado

O teu quarto pode estar a maior bagunça do século, mas o resto da casa não deve. Lembra-te que partilhas a casa com mais pessoas e que a tua desarrumação afeta-os a eles também. Usaste a loiça? Lava-a. Dessarrumaste algo? Arruma. Estiveste a ver TV? Desliga-a antes de ires embora. A sala não é o teu guarda fatos para deixares a roupa espalhada por lá, nem a casa de banho o teu spa privado para deixares tudo sujo. Sê cuidodoso com a forma como deixas as coisas. 


2. Avisa se planeias fazer festas ou jantares

Sim, a casa é tua. Mas também é das outras pessoas com quem a partilhas. É altamente improvável que os teus colegas façam objeções a que leves amigos lá a casa, mas é respeitoso perguntar-lhes primeiro. Para jantares e festas, então, é imperial que fales com eles. Lembra-te que vocês são todos estudantes - ou trabalhadores - e que têm uma vida que requer levantar cedo ou estudar e que jantares e festas podem perturbar isso.


3. Escolhe as tuas batalhas

Um dos teus colegas de casa é terrível - suja tudo, desarruma tudo, usa as coisas dos outros. Ou então até é impecável, mas cometeu um deslize de que não gostaste nada. Bem, pensa muito bem antes de ir ter com a pessoa e discutir o assunto, e analiza se vale a pena. O problema é ter usado a tua pasta de dentes sem permissão? Pode ter sido uma emergência de uma só vez - e se não foi, talvez seja mais fácil guardares a pasta de dentes no teu quarto. Eu sei que é complicado lidar com pessoas que não respeitam as regras, mas viver constantemente a discutir - sobretudo sobre coisas pequeninas - apenas vai piorar o ambiente lá de casa e, pior, quando quiseres discutir sobre algo realmente importante, ninguém te vai dar ouvidos. 


4. 'Não comerás os cereais do colega sem permissão'

Parece a história da paste de dentes outra vez, mas desta vez és tu. Respeita aquilo que é propriedade dos teus colegas. Não uses, comas, bebas ou sujes aquilo que não é teu sem permissão. É simples. Se necessário, usa etiquetas ou marcadores para definir exatamente o que é teu.

5. Conversa sobre os problemas

Ali em cima eu disse para evitar discussões, mas, caso não haja realmente como evitar confrontar o assunto, o que se deve fazer é conversar. Conversar calmamente e sem levantar a voz ou fazer acusasões imediatas. Perguntar primeiro e disparar depois - com balas de borracha, nunca as verdadeiras. O objetivo é chamar à atenção, não é começar uma guerra. Se o teu colega não aceita a conversa e começa a levantar a voz, deves procurar manter-te calmo e fazê-lo ver a razão. Eu sei, mais fácil falar do que fazer, mas tentar não custa.


6. Mantém as contas a tempo e horas

Normalmente as despesas são pagas diretamente a/o senhoria/o, mas há contas que são pagas entre os colegas - seja a conta da TV Cabo, dos produtos de limpeza ou da mulher-a-dias que costuma ir lá a casa. Podes até pensar que são menos importantes e atrasar uns dias não vai ter mal nenhum, mas a verdade é que influenciam a relação que tens com os teus colegas. Mantém as contas pagas a tempo e horas e não faças dívidas com os teus colegas.


7. Passem tempo juntos

Sou culpada por falhar um pouco neste quesito, porque sou o que se chama de 'pessoa ocupada', mas reconheço a importância de passar tempo com os colegas de casa e, sempre que posso, pego no meu computador e vou trabalhar para a sala - em vez do quarto -, ou saio com eles para um café. Conhecer os colegas de casa, criar relações de amizade (ou apenas de boa convivência) é importante para a harmonia da casa e o bom ambiente. Além do mais, quem sabe se não estás a perder um grande amigo por não estares a conhecer as pessoas lá de casa?


8. Estabeleçam regras 

Há coisas de que uns gostam e outros não ligam, e há coisas que uns detestam e os outros adoram. A única forma de encontrar um equilibro é estabelecer algumas regras. Não fazer barulho antes/depois de determinada hora, quais os espaços onde se pode fumar e quais não, o que é ou não dividido (por exemplo, loiça), quem toma banho a que horas (para evitar atrasos porque fulano a ou b demorou demasiado tempo) e por aí diante. E depois, cumpre-as! 


9. Cuidado com o barulho

É muito chato quando estás a dormir muito bem e chega o teu colega bêbado às três da manhã a fazer montes de barulho. Ou então, em situações menos dramáticas, quando a tua colega de casa está a lavar a oiça às onze da noite e não consegues adormecer por causa do barulho das panelas. E aquela colega que decide aspirar o quarto às sete da manhã? Ou aquele que tem sempre a música no volume máximo, independentemente da hora? Pois é. Não queres ser nenhum desses colegas, pois não? Respeita os horários estabelecidos e evita fazer barulho desnecessário.


Extra: Sê independente

Lembra-te que estás na faculdade e esse é o teu primeiro passo para a independência. Por isso, se o teu instinto quando acontece alguma coisa é pegar no telemóvel e ligar aos pais, talvez devas reconsiderar. Tenta resolver os problemas sozinho antes de ligares à família. Põe-te à prova, tenta ser mais independente. Se, de facto, o problema for demasiado complexo, então, sim, liga. Mas experimenta primeiro não lhes ligar. Não podes passar o resto da vida a ligar aos pais ao menos problema, pois não? 





Sem comentários:

Enviar um comentário

Disclaimer

Todos os conteúdos aqui apresentados têm os direitos reservados aos respetivos autores. À partida, todos os textos neste blog são da autoria de Rafaela Silva, Aléxia Oliveira e Mónica Simão, exceto em referência contrária, e não devem ser reproduzidos, adaptados ou copiados de forma alguma sem consentimento prévio. Todas as fotografias com marca de água de Rafaela Silva ou RS Fotografia e Design têm os direitos exclusivos de Rafaela Silva. As fotografias com a marca d'água de Lemao Doce ou Limão Doce pertencem exclusivamente ao blog. E todas as imagens não assinaladas pertencem aos respetivos autores e provavelmente virão de sites dedicados a imagens de stock (ver: 'Recursos')
Com tecnologia do Blogger.

Seguidores

Google+ Followers