04 maio 2016

Projeto Pesadelo • Texto

Às vezes, começamos um projeto por passatempo. Um projeto solidário, ou com fins lucrativos, ou, às somentes, somente para nos divertirmos um bocado. Dedicamo-nos a publicitá-lo, à nossa maneira, e a passar a palavra, porque queremos mais pessoas a participar nele. E a coisa vai sendo divertida, e vamos nas calmas, e está a ser giro. 

Mas, então, o projeto começa a crescer e a tomar proporções tão grandes que damos por nós com uma espécie de lista de espera de hospital, só com a quantidade de coisas que temos de gerir e fazer e criar e organizar e... uffa! Até desanimamos. 

Quem é blogger entende isso particularmente bem; quem é empresário, então, nem se fala. Mas todos nós, nalgum ponto da nossa vida, passamos por um momento assim... até que ganhamos ritmo e começamos a adaptar-nos e a organizar-nos bem. 

Aprendemos a dizer não, sem nunca deixar de dizer que sim; o projeto continua a crescer, mas, agora, já aguentamos a pressão. Torna-se mais fácil. Torna-se novamente divertido. Recuperamos a animação e a força de vontade e lutamos. 

E é por isso que não devemos desistir dos nosso sonhos, dos nossos projetos, mesmo quando tudo parece demasiado complicado. Porque, às vezes, o que nos falta é parar um bocadinho e dizer "Organiza-te, acalma-te, tu consegues."

__

3 comentários:

  1. Identifiquei-me bastante com o teu texto! Sou o tipo de pessoa que adora criar projetos, mas às vezes tenho medo de perder o fio à meada. Tens razão, às vezes só precisamos de parar e respirar um pouco, eheh
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai, somos duas hahaha Sim, e estebelecer metas e prioridades :)

      Eliminar
  2. Revi-me nas tuas palavras... Dou por mim, a acontecer-me o mesmo, sem querer...
    Bjinhossss

    Ola bons dias :D
    Ha post novo no Cantinho ;)
    Fala-se de #gravidissimas <3
    Visitem e comentem <3

    https://matildeferreira.co.uk

    ResponderEliminar

Disclaimer

Todos os conteúdos aqui apresentados têm os direitos reservados aos respetivos autores. À partida, todos os textos neste blog são da autoria de Rafaela Silva, Aléxia Oliveira e Mónica Simão, exceto em referência contrária, e não devem ser reproduzidos, adaptados ou copiados de forma alguma sem consentimento prévio. Todas as fotografias com marca de água de Rafaela Silva ou RS Fotografia e Design têm os direitos exclusivos de Rafaela Silva. As fotografias com a marca d'água de Lemao Doce ou Limão Doce pertencem exclusivamente ao blog. E todas as imagens não assinaladas pertencem aos respetivos autores e provavelmente virão de sites dedicados a imagens de stock (ver: 'Recursos')
Com tecnologia do Blogger.

Seguidores

Google+ Followers