18 julho 2015

O fenómeno Kylie Jenner • Texto

Kylie Jenner, uma das Kardashian, tem estado nos holofotes do mundo pelo seu estilo versátil e lábios volumosos. E, como com qualquer pessoa que esteja iluminada pelos midia, tem tantos admiradores quantos "haters". E depois, claro, há aqueles que estão-se completamente nas tintas, mas vamos deixar essas pessoas de lado por agora. 

O que realmente tornou Kylie famoso foram, de facto, os seus lábios. De "quase inexistentes" (e não levem a expressão a peito; os meus são tal e qual os dela antes) para "ultra sexy", a mulherada toda quer copiá-los. Ninguém chega a um consenso quanto ao método que ela usou para atingir esse objetivo - se é somente maquilhagem, se é maquilhagem mais truques físicos, ou se foi cirurgia plástica -, mas toda a gente concorda numa coisa: os lábios estão diferentes.


Vejo por aí pessoas que a adoram pelo seu estilo e maquilhagem (que eu aplaudo, honestamente; a moça tem muito estilo e a make dela é fabulosa); e há pessoas que a odeiam sem motivo (alguns odeiam-na porque é uma Kardashian, outros porque é famosa, outros por inveja pura - e a todos esses eu categorizo como "sem motivo"). Kylie teve de crescer debaixo dos holofotes por causa da sua família ultra mediática (e eu admito: não tenho qualquer simpatia pelas Kardashians), acabando por ser arrastada pela sua família para uma fama que não é dela. Isso, claro, valeu-lhe milhares de pseudo psicólogos e especialistas em crítica a falar constantemente sobre ela e a dar opiniões (na maioria dos casos, opiniões de treta). Daí, quando eu vi um post no facebook sobre ela com uma quantidade infindável de comentários horríveis, eu decidi opinar também. 

TRADUÇÃO: 
«"@KylieJenner: Mas neste mundo eu estou feliz com a forma como Deus me criou. Páscoa Feliz"
claramente não estavas assim TÃO feliz »
e abaixo da foto:
« LOOOL TWITTER É BRUTAL»

Vamos por partes. 

Primeiro: Todas as irmãs de Kylie, umas mais assim, outras mais assado, são geralmente consideradas bonitas e sexy (sobretudo a Kim). Claro, nem todos pensam assim, mas as Kardashian são irmãs muito apreciadas pelo mundo. Kylie fugia um pouco ao padrão das irmãs. Apesar de ser incrivelmente bonita (na minha opinião, a mais bonita das irmãs), não era como elas. E, debaixo dos holofotes e à sombra das irmãs, não se podia esperar que Kylie se amasse perdidamente a ela própria. Mas, sejamos francos com nós próprios: não é preciso pertencem a uma família de socialites para termos problemas de auto estima e auto imagem. Por isso, considerando que ela tem o dobro das dificuldades de qualquer mulher no que toca a auto estima, vamos lá dar-lhe um desconto, vamos?

Segundo: Desde quando é que querer alterar uma parte de nós equivale a não nos amar-mos? Por mais contraditório que isso pareça, é perfeitamente possível. Eu duvido que exista alguém no mundo inteiro que se adore completamente tal como é. E quando digo "completamente", digo "desde a ponta da unha do pé até à ponta do fio de cabelo mais comprido". Não existe ninguém assim. E as pessoas têm simplesmente de admitir isso. Ninguém é perfeito e, por isso mesmo, ninguém se sente perfeito. E sendo a Kylie Jenner quem é, tem ainda mais razões para se sentir imperfeita. E podemos julgá-la por isso? Podemos julgá-la por ser humana como nós? Por ter problemas de auto confiança como nós? Por querer sentir-se melhor, tal como nós queremos? E não vamos ser hipócritas: a única razão porque ela está a ser criticada pela mudança, porque as pessoas querem mudar também e não podem, por isso, atacam-na. Atacá-la por poder mudar-se a si própria é o resultado de pura inveja, e faz sentir as outras pessoas temporariamente melhor. Apenas admitam: se pudessem, faziam o mesmo. Por isso, não sejam hipócritas.


Terceiro: O corpo é da Kylie. Os lábios são da Kylie. A mente da Kylie é, bem, da Kylie. Só ela sabia como se sentia, por mais análises psicanalíticas que eu ou qualquer outra pessoa possa fazer. E só ela sabe o que fez e porquê e, sobretudo, como se sente agora. Mesmo sendo uma figura pública, o corpo dela continua a ser privado - DELA. Ninguém tem o direito de dizer-lhe o que deve ou não fazer com ele, nem julgá-la pelas escolhas que faz com ele. Opiniões? Claro que não vou dizer que são proibidas. Mas opinar que "ela agora parece uma p***" (yep, já vi isso) ou opinar "gostava mais dela antes" são coisas completamente distintas. 

Eu admiro a Kylie, sinceramente. Não gosto das irmãs, mas da Kylie, sim. Parece ser a mais equilibrada das Kardashians e, pelas entrevistas que dá, a mais terra a terra das irmãs. Mudar o seu aspeto, o seu visual, a forma como se via a si própria não são sinónimos de ser má pessoa ou algo do estilo. Se ela quer sentir-se melhor, tem todo o direito a fazê-lo, da forma como quiser. Nós podemos gostar ou não do que faz, mas isso não altera o facto de ela ser humana como nós e nós não devermos humilhá-la ou insultá-la por fazer aquilo que nós gostaríamos de fazer.

Resumindo: a moça é super gira, super estilosa, super confiante e super autónoma. Deixem-na em paz. 

7 comentários:

  1. Acho-a super gira.
    Mas pensava que os lábios eram naturais :s


    Visita aqui o último post :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ficam-lhe tão bem que parecem mesmo naturais :D

      Eliminar
  2. Eu sou simplesmente apaixonada pela Clã Kardashian/Jenner, a Kylie sempre foi minha favorita, e muitos que a conhecia a tempos,sabe muito o por que dessa mudança, depois que ela foi rejeitada a um desfile, onde Kendall foi a escolhida por ter um corpo mais bonito etc.. Ela começou cm essa mudança ela já disse que não quer ser uma Kim ou Kendall ela só queria ser ela mesma ;v

    http://viajandoacordada.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Queria ser ela mesma, da maneira como ela gostava de ser. Não há nada de errado nisso. :)

      Eliminar
  3. Ela era a minha preferida delas todas!!! Era.
    Vi uma imagem no Instagram que mostrava que ela está mais parecida com a Kim do que com ela própria quando era mais nova...
    Eu gostava dela porque fugia aos padrões das outras irmãs, mas hoje isso já não acontece e não é a só a nível físico, Mas é como tu dizes, quem somos nós para a julgarmos?? Ela faz o que quiser, desde que se sinta bem :)

    R.: (Diário de uma Africana) "(Quando dizes que não precisas de estudar/que já estudaste) Quero ver no final do período/ano" Juro que quando me diziam isto eu voltava a estudar ás escondidas sem ninguém ver só para depois eles não dizerem tinham razão ahahah xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, suponho que tens razão. Mas ainda assim, gosto mais dela do que das irmãs. Simpatia gratuita, eu acho. xD E viva a liberdade de sermos quem gostamos de ser. \o

      Re: hahahahaha eu fazia o mesmo xD

      Eliminar

Disclaimer

Todos os conteúdos aqui apresentados têm os direitos reservados aos respetivos autores. À partida, todos os textos neste blog são da autoria de Rafaela Silva, Aléxia Oliveira e Mónica Simão, exceto em referência contrária, e não devem ser reproduzidos, adaptados ou copiados de forma alguma sem consentimento prévio. Todas as fotografias com marca de água de Rafaela Silva ou RS Fotografia e Design têm os direitos exclusivos de Rafaela Silva. As fotografias com a marca d'água de Lemao Doce ou Limão Doce pertencem exclusivamente ao blog. E todas as imagens não assinaladas pertencem aos respetivos autores e provavelmente virão de sites dedicados a imagens de stock (ver: 'Recursos')
Com tecnologia do Blogger.

Seguidores

Google+ Followers