19 abril 2015

Blogging 101 • #1: Como se organizar


Este post faz parte de uma série de posts. Para leres todos, acede: Blogtips.

Da Blogagem coletiva de Abril do Blogs que Interagem, hoje temos o contexto do blog no meu quotidiano - ou do meu quotidiano no meu blog, tanto faz. Como é explicado no post dos temas, o propósito é explicar de que modo o blogger (neste caso, eu) gere o seu tempo e concilia o blog com o resto da sua vida. No fundo, acaba por ser um post de dicas e soluções para quem não consegue conciliar muito bem (porque é difícil, eu sei). 

A. Para Organizar o Blogue


1. Criar a mais.

Não, não é para partir para o absurdo e encher o blogue de coisas inúteis só para fazer número. E nem tem a ver com estipular metas como "5 posts por semana!". Também não tem a ver com queimar a cabecinha em busca de ideias, quando não as há, só porque uma blogueira anónima disse que tem de se "criar mais".
Não. Eu quero dizer "criar a mais". Quando estiveres disponível e inspirada para trabalhar em posts para o blogue, aproveita. E não cries só um - cria vários. Cria-os e guarda-os. Poderás usá-los mais tarde, quando não estiveres inspirada para criar posts novos. Isto evita que passes longos períodos de tempo sem postar nada por andares demasiado ocupada/o ou desinspirada/o para criar posts. Basta ires ao teu reportório - nos rascunhos do blog ou noutro sítio qualquer onde os guardes - e pronto, lançar o post ao ar. 

2. Escrever, mesmo que não seja no blogue.

Às vezes eu tenho uma súbita inspiração para um post - mas não tenho acesso a um computador, internet ou a forma nenhuma de o crir. Por isso, anoto as ideias principais no meu caderno, para mais tarde passar de rascunho para a realidade. 


3. Um Blog Planner.

As pessoas não fazem ideia da importância que tem um blog planner. Desde que eu adotei o método, fiquei muito, muito mais organizada. Os meus posts deixaram de ser um amontoado de rascunhos prontos a serem postados e passaram a ter uma ordem específica em dias específicos. No blog planner, resumidamente, tu decides em que dia vais lançar determinado post e anotas. E fazes isso com todos os teus posts. E se tiveres uma série, por exemplo, o blog planner guia-te a saberes exatamente em que dia da semana/mês é que vais lançar posts dessa série. Ora tomem como exemplo o meu próprio blog planner mais básico, mais ou menos comum a todos os meses:


Depois, é só preencher em baixo dos títulos com os nomes dos posts, para saberes exatamente que post dessa série é que vai sair. Isto é particularmente bom para blogs que têm vários temas. Mas para blogs com um só tema - por exemplo, só literatura -, o esquema serve na mesma: é só encaixar os posts em dias pré-determinados e pronto

É claro que este sistema funciona melhor se tiveres o ponto 1 pronto para entrar em ação. Eu, que me habituei a criar posts com a extensão de meses - atualmente, tenho posts planeados até Julho -, sinto-me profundamente agradecida ao blog planner, que me ajuda a saber em que dia posso colocar os posts novos e em que dia vão sair os antigos

A blosque explicou bastante bem como usar o Blog Planner, aqui.




B. Para Organizar o Tempo


1. Um Time Planner.

É mais ou menos como um Blog Planner, mas mais como uma espécie de horário-agenda. Se fores estudante, é só agarrares no teu plano de estudo e ampliá-lo a mais coisas. Se fores trabalhador, é só criares um plano para o teu tempo. Basicamente, é um Horário - pronto. Defines que das horas x às horas y vais fazer isto, depois, das horas y às horas w, vais fazer aquilo, e por aí diante. Deixas reservado um tempo para o blog e pronto. É só tentar cumprir o horário e tudo fica organizado. 


C. Para Organizar as Ideias

1. Um Caderninho só para o Blog

Um caderninho exclusivamente o blogue - ou, pelo menos, que tenha um espaço que possa ser dedicado a ele - é extremamente importante. Nele, guardar-se-à tudo o que for relevante de modo a que esteja sempre à mão. Lá, poderás ter tudo organizadinhos e acessível: rascunhos de posts, listas de ideias (e ideias relâmpago), objetivos, material must-have, lembretes, etc.

2. Ter uma lista de ideias

Não basta ter ideias - é preciso anotá-las para não as esquecer. Ter uma lista de "Possíveis posts" ou "Posts a fazer" é importante para a organização. Além do mais, ir riscando os que já estão feitos dá uma sensação de "dever cumprido" bastante agradável. Ou ir adicionando ideias à lista e vê-la crescer, consciente que "falta de ideias" jamais voltará a ser um problema enquanto a tiveres.


E é isso, pessoal! Foi útil? Esqueci de alguma coisa? Comentem!




3 comentários:

  1. Oi! Tirando a parte do planner e do "criar a mais" eu faço tudo. Tenho diversos rascunhos salvos no blog - mas apenas o título e no máximo algumas palavras-chave, para não esquecer. Deveria deixar posts prontos? Com certeza. Mas meu tempo é extremamente curto :/ tenho no celular um app que eu adoro e que sempre vou anotando as ideias que tenho e isso me ajuda bastante. Não consigo ter um horário certo para acessar. Meu horário certo é aquele em que meu filho tá dormindo ou não está chorando hahaha e eu pretendo me organizar melhor com o tempo, mas por enquanto eu vou escrevendo e liberando as postagens quando "dá na telha", mesmo. Tenho muita coisa a escrever, então vou liberando primeiro os que tem datas certas, como por exemplo os recebidos, bookhaul etc.

    Beijos,
    Kemmy - Duas Leitoras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito que seja realmente complicado! Desejo-te muita sorte nessa aventura ^_^
      Obrigada pelo comentário :3

      Eliminar
  2. Excelentes dicas para me inspirar ;)
    Beijinhos

    http://dailyprinces.blogspot.com/

    ResponderEliminar

Disclaimer

Todos os conteúdos aqui apresentados têm os direitos reservados aos respetivos autores. À partida, todos os textos neste blog são da autoria de Rafaela Silva, Aléxia Oliveira e Mónica Simão, exceto em referência contrária, e não devem ser reproduzidos, adaptados ou copiados de forma alguma sem consentimento prévio. Todas as fotografias com marca de água de Rafaela Silva ou RS Fotografia e Design têm os direitos exclusivos de Rafaela Silva. As fotografias com a marca d'água de Lemao Doce ou Limão Doce pertencem exclusivamente ao blog. E todas as imagens não assinaladas pertencem aos respetivos autores e provavelmente virão de sites dedicados a imagens de stock (ver: 'Recursos')
Com tecnologia do Blogger.

Seguidores

Google+ Followers